sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Nos Trilhos do Vera Cruz - Antonio Carlos

"Piuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!" O trem apita, todos já sabem: Chegamos a Antonio Carlos!!!

A estação de Antonio Carlos (antiga Sitio) foi inaugurada em 1878. Daqui saía, desde 1881, um dos entroncamentos da linha do Paraopeba, da antiga E. F. Oeste de Minas, que, a partir de 1931, foi encampada pela Rede Mineira de Viação (RMV). Esse ramal tinha a bitola de 0,76 m e parte dele encontra-se em operação até hoje, entre Tiradentes e São João Del Rey, para fins turísticos. O povoado em volta da estação ferroviária do Sítio fazia parte do distrito de Bias Fortes, município de Barbacena. Em 1910, a capela do Sítio foi elevada a curato, desmembrada da Matriz de Barbacena. Já em 1938, o distrito de Bias Fortes recebeu o nome do povoado que lhe pertencia, passando a chamar-se Sítio. Em 1948 é elevado à categoria de município, com a denominação de Antônio Carlos, renomado filho da cidade, desmembrando-se de Barbacena. Com isso o nome da estação também mudou para Antonio Carlos, homenagem ao antigo Interventor do Estado. A estação fechou definitivamente em 1982, mas ainda se conserva de pé, inclusive com o marco zero da EFOM e sua caixa d'água.

Lado da Linha do Centro da EFCB
A estação em 01/2004

A estação em 01/2004

A estação de Antonio Carlos, lado da linha do Centro da EFCB. Sem data

A estação, sem data

Lado da bitolinha da EFOM

A estação, do lado da bitolinha da EFOM, em 1982

A estação, do lado da bitolinha da EFOM. A rua que aparece na foto situa-se por onde passava a linha da EFOM

"Piuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!! Piuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!! Piuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!" O trem apita, todos já sabem: é hora de partir! Todos à bordo!!! Próxima parada: Santos Dumont

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Seja bem-vindo ao Blog Sobre os Trilhos! Deixe um comentário aqui! Todos os comentários serão lidos e respondidos! Tá esperando o que? Embarque nessa viagem pelas ferrovias do Brasil e do mundo!

(Bruno Melo Almeida, diretor do Blog Sobre os Trilhos)