sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Nos Trilhos do Vera Cruz - Barbacena

"Piuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!! Piuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!" O trem apita, é só alegria! Chegamos a Barbacena! 

O Eng. Henrique Dumont, pai de Santos Dumont, foi empreiteiro na construção do trecho João Ayres-Barbacena. A estação ferroviária original foi inaugurada em 27 de junho de 1880, sob a administração do Eng. Herculano Veloso Ferreira Pena, sendo sido demolida quando, em 15/11/1931, foi inaugurada a atual estação, construída pela firma Dolabela, Portela & Cia. Daqui saía, desde 1910, um dos entroncamentos da linha do Paraopeba, da antiga E. F. Oeste de Minas, que, embora até 1931 possuísse sua própria estação, a partir daí passou a dividir a nova estação da Central. Esse ramal tinha a bitola de 0,76 m e parte dele encontra-se em operação até hoje, entre Tiradentes e São João D'El Rey, para fins turísticos. Parou de funcionar (a partir de Barbacena) em 1966. Os trens de passageiros da RFFSA não passam por Barbacena desde o fim do lendário Vera Cruz, em 1991.

A estação original de Barbacena. Sem data

A estação em 03/2001

Locomotiva U6B na estação de Barbacena. 03/2001

Cargueiro da MRS passando pelas plataformas abandonadas. 01/2004

Faxada da estação em 02/2004

Plataformas da estação vistas no sentido Rio de Janeiro, em 09/12/2006

"Piuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!" Vamos pessoal! O trem já vai partir! Próxima parada: Antonio Carlos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Seja bem-vindo ao Blog Sobre os Trilhos! Deixe um comentário aqui! Todos os comentários serão lidos e respondidos! Tá esperando o que? Embarque nessa viagem pelas ferrovias do Brasil e do mundo!

(Bruno Melo Almeida, diretor do Blog Sobre os Trilhos)