sábado, 31 de dezembro de 2011

Nos Trilhos do Vera Cruz - Deodoro (Município de Rio de Janeiro)

"Piuiiiiiiiiiiiiiiiii!!! Piuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!! Piuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!! O trem apita, todos já sabem: Chegamos a Deodoro!

A estação de Sapopemba foi inaugurada em 1859. Dali parte o ramal de Mangaratiba, antigamente chamado de ramal de Angra, que passa pela vila militar do Realengo. Em 1879, a linha do Centro tinha 22 km de linha dupla, que terminavam exatamente nesta estação. Mais tarde - 1907 ou 1908 - passou a se chamar Deodoro, em homenagem ao proclamador da República Brasileira. É até hoje estação de subúrbios e durante muito tempo foi também uma das estações em que paravam também os trens de longo percurso da Central do Brasil. O prédio da estação hoje é bem diferente e mais moderno e muito mais em graça do que o que aparece na fotografia de 1908. Parece ter sido construído um novo durante a eletrificação e um mais novo ainda na remodelação dos suburbios nos anos 1970. Atualmente em Deodoro - que sempre foi ponto de baldeação - pode-se baldear tanto para a linha de subúrbios que seguem para Santa Cruz e para Japeri e Paracambi. Existe um trem metropolitano que para em todas as estações da antiga Linha do Centro e que em Deodoro distribui seus passageiros para as outras linhas. que partem de Dom Pedro II também, mas param apenas em cinco dessas estações.

A estação de Sapopemba em 1908

Soldados desembarcando na estação de Deodoro durante a revolta militar, em 1915

Ao fundo, a estação em 1936

A estação em 12/2002

A estação em 01/2003

"Piuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!" O trem apita, todos ficam muito animados! Sabe por quê? Porque a próxima parada é: Dom Pedro II, o nosso destino!!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Seja bem-vindo ao Blog Sobre os Trilhos! Deixe um comentário aqui! Todos os comentários serão lidos e respondidos! Tá esperando o que? Embarque nessa viagem pelas ferrovias do Brasil e do mundo!

(Bruno Melo Almeida, diretor do Blog Sobre os Trilhos)