domingo, 19 de agosto de 2012

Um grande homem, uma pequena ferrovia

Deo Espírito Santo
Conhece ele? Aos 85 anos, Deo surpreende muita gente! Este grande corredor já subiu no pódio inúmeras vezes! Mas ele não é apenas um mestre das corridas...
















Está vendo essa pequena locomotiva? Deo construiu com suas próprias mãos! A construção de suas três locomotivas, que funcionam com carvão e água, levaram de 2 a 3 anos para serem construídas!










Achei incrível essa estaçãozinha que ele fez! A perfeição é tão grande! Rachaduras, manchas, a madeira...














Detalhe: interior da estaçãozinha

Réplica de um vagão-gaiola

Réplica de um vagão de passageiros. Repare que há no trilho um desvio

Detalhe: mecanismo do desvio que determina em qual linha o trem vai seguir

Interior da réplica da locomotiva "E. F. V. M. 165"

Locomotiva 220 da RMV na rotunda de São João del-Rei. Compare-a com a foto acima

Locomotivas de Deo

E. F. V. M. 165


Vista da caldeira

Mecanismo para medir a pressão da locomotiva




RMV 340





Locomotiva sem nome

Vista superior




Detalhe na cabine do maquinista

Locomotiva 320

A locomotiva 320 foi construída pelo pai de Deo e é um pouco maior que as outras. Por ser muito velha, sua caldeira estava muito danificada. Mas Deo fez uma nova e agora a locomotiva está inteira.

A velha caldeira da locomotiva



Vista superior do tender




Mecanismo para bombear água na locomotiva

Oficina de Deo






Por todo o Brasil

Muita gente já conhece o talento de Deo. Ele é convidado constantemente para montar exposições que encantam seus visitantes.


Locomotiva "E. F. V. M. 165" em funcionamento


Bom pessoal, este é Deo, um incrível corredor e um artista também! Deem uma passadinha em Vagão da Arte e confiram as mais belas obras de arte ferroviárias! Tchau pessoal, até breve!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Seja bem-vindo ao Blog Sobre os Trilhos! Deixe um comentário aqui! Todos os comentários serão lidos e respondidos! Tá esperando o que? Embarque nessa viagem pelas ferrovias do Brasil e do mundo!

(Bruno Melo Almeida, diretor do Blog Sobre os Trilhos)